Cirurgia Plástica

A Cirurgia Plástica é uma especialidade médica que abrange duas vertentes: a Estética e a Reconstrutiva.
Esta última tem por objectivo o tratamento e a reconstrução dos defeitos de origem congénita ou causados por doenças, traumatismos ou tumores.

É o caso das deformidades do nariz e das orelhas (como são exemplo as tão conhecidas orelhas em abano ou de Dumbo); o tratamento dos “sinais”, dos cancros de pele, quistos e verrugas; a correcção de cicatrizes e das assimetrias e ausências mamárias; a reconstrução da mama após remoção de um cancro da mesma; o tratamento efetivo das “escaras”, do síndrome do canal cárpico, da doença de Dupuytren entre tantas outras patologias.
A vertente Estética, por sua vez, trata de restabelecer o bem estar psíquico e social do individuo, ou seja, a devolução ao paciente do seu Ego; estando orientada para a busca da perfeição das formas através da correcção de defeitos ou do restabelecimento da harmonia corporal perdida ou desejada.
Os métodos usados são múltiplos e variados indo da cirurgia clássica, com internamento, aos simples tratamentos não invasivos realizados no consultório em regime de ambulatório.

Altera-se o tamanho da mama e corrige-se a “barriga em avental”, a ausência de definição das curvas corporais ou as acumulações localizadas de gordura; elimina-se o acne e tratam-se as rugas, as manchas da face e as pálpebras descaídas e/ou com “papos”; faz-se o rejuvenescimento facial definindo os lábios e/ou as maças do rosto; remove-se a” papada”; corrige-se a flacidez da pele…
Um mundo constantemente em evolução onde os “peelings”; os fios de estimulação e os de sustentação; a toxina botulínica – vulgo“Botox”; os enchimentos com ácido hialurónico ou com gordura – “lipojet”; os “LASERs” (dos clássicos ao inovador “Endolift”) e os tratamentos cirúrgicos como o “face-lift”, as próteses mamárias, a abdominoplastia e a lipoaspiração são apenas os tratamentos mais conhecidos entre muitos existentes.

Estando electivamente credenciados para o exercício desta especialidade os Médicos com formação específica nesta área e inscritos no Colégio da Especialidade de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva da Ordem dos Médicos, são estes os que lhe dão os melhores conselhos, asseguram uma maior segurança nos procedimentos e lhe proporcionam os melhores resultados.